quinta-feira, 18 de junho de 2009

Viabilidade do reparo de motores elétricos

Reparar ou substituir?

Esta necessidade de decisão nos acompanha sempre, seja quando temos um problema com algum eletrodoméstico, com alguma peça de nosso automóvel e também com os equipamentos em nossa empresa.
Com nossos eletrodomésticos e nosso automóvel normalmente temos boas informações que nos permitem tomar a decisão com segurança, pois sabemos os preços dos itens novos e o valor do reparo. Também temos na mente o número de vezes que este problema nos afetou e qual a idade do equipamento. Podemos até não perceber, mas estamos fazendo as avaliações necessárias para uma boa decisão.
Em nossa empresa normalmente as coisas não são tão simples. O número de equipamentos é maior e o histórico de cada um já não é tão claro. Os custos envolvidos em reparo e substituição podem ser até levantados, mas os custos operacionais de uma ou outra decisão dificilmente são conhecidos.
Raramente se mensura o que já se perdeu com estas falhas e o que se pode perder ainda. Se considerarmos motores elétricos, esta avaliação sem todas as informações disponíveis é ainda mais perigosa, pois cerca de 98% do custo ao longo de toda vida útil dos mesmos é em função da energia que consomem em operação e dos gastos com manutenção.
Avaliar o reparo de motores elétricos ou sua substituição em uma empresa necessita do conhecimento de variáveis como custo de reparo, custo de substituição, custos indiretos (notas, cotações, etc), custo da energia e custo das manutenções. Em muitos casos também custos de perda de produção. O ideal é cada empresa fazer a avaliação com suas variáveis específicas.
A WEG possui um software que orienta esta decisão e define regras específicas a realidade de cada empresa. Mas, de uma maneira geral, a média dos vários casos já trabalhados em nossos clientes nos permite considerar uma regra básica para os casos onde houve queima do motor e também se necessita trocar os rolamentos.

A média mostra que até 7,5 CV não compensa recuperar os motores quando apresentam a
falha mencionada. Motores menores têm baixo custo de aquisição e se efetivamente compararmos com todos os custos envolvidos, o hh necessário nas etapas e os reflexos ao processo, teremos uma melhor visão desta conclusão.

Substituir estes motores, além dos ganhos financeiros, também proporciona outros benefícios,
pois é uma forma equilibrada de se realizar a renovação do parque fabril. Na indústria alimentícia em especial, pode-se dispor de linhas específicas de motores, como o Wwash, que possuem uma relação custo/benefício especialmente desenhada para o segmento. Mais informações:
wegservice@weg.net


Fonte:http://www.weg.net/files/trade-shows/WEG-fispal-news-2009.pdf

sexta-feira, 5 de junho de 2009

Serviços Motores e Geradores - Recuperação, Revisão e Manutenção


A WEG, oferece também serviços de revisão, recuperação e repotenciação em máquinas elétricas de médio e grande porte, inclusive de outras marcas conforme segue:

- Motores e geradores de corrente contínua até 10.000 kW;
- Motores de indução trifásicos (gaiola ou anéis) até 50.000 kW (baixa, média e alta tensão);
- Motores síncronos (com ou sem escovas) até 50.000 kW (baixa, média e alta tensão);
- Turbogeradores até 60.000 kVA;
- Hidrogeradores até 200.000 kVA;


Recuperação, Revisão e Manutenção

- Motores de corrente contínua: revisões e restaurações completas com substituição de comutadores.


- Geradores: turbo e hidrogeradores e geradores para grupos geradores são revisados e recuperados, utilizando a longa experiência na fabricação destes equipamentos.


- Alinhamento e análise de vibração no campo: utilizando instrumentos de última geração, nossos técnicos de campo prestam serviços de peritagem eletromecânica, acompanhamento de montagem e instalação, realizando análise de vibração, balanceamento e alinhamento de máquinas.


- Motores de indução e motores síncronos: revisões básicas até projetos e recuperações completas em alta tensão até 13.800 V.




terça-feira, 2 de junho de 2009

WEG facilita seu crédito com o Cartão BNDES

Conheça os produtos WEG que podem ser comprados com o novo cartão e os distribuidores cadastrados no Portal do BNDES.

Quais as principais vantagens do Cartão BNDES?

* Crédito Rotativo e pré-aprovado;
* Limite de crédito de até R$ 500.000,00 por Cartão BNDES, por banco emissor;
* Prazo de pagamento em até 48 meses, com prestações fixas iguais;
* Isento de cobrança de anuidade;
* Taxa de juros atrativa.

Quem pode obter o Cartão BNDES?
As micro, pequenas e médias empresas nacionais, que exerçam atividades econômicas apoiadas pelo BNDES, e que estejam em dia com o INSS, FGTS, RAIS e tributos federais.

Como solicitar o Cartão BNDES?
Pela Internet, digite o endereço www.cartaobndes.gov.br, clique em “Solicite seu cartão BNDES” e siga as instruções fornecidas pelo Portal de Operações do BNDES.

A empresa precisa ter conta em banco para obter o Cartão BNDES?
Sim, porque a definição do limite, a concessão do e a cobrança são de responsabilidade do banco emissor do Cartão BNDES.
A empresa poderá solicitar o Cartão BNDES enquanto providencia a abertura da sua conta corrente, caso ainda não tenha em um dos bancos emissores.